segunda-feira, 23 de julho de 2018

Beleza Interior | Integridade



Oláaa,

   Vamos com uma reflexão para somar os nossos dias?!
   Há dias que estou querendo escrever aqui algo que possa acrescentar espiritualmente na vida daqueles que me lêem e seguem.
   Em um domingo, no Culto a noite da minha igreja eu ouvi uma palavra que me fez pensar muito em como eu tenho levado a vida, e o que eu tenho passado para as pessoas, então decidi escrever sobre isso aqui também para que vocês também possam pensar comigo.

   O tema da palavra era sobre INTEGRIDADE, pegando o exemplo de Jó. Mas antes de falar sobre a palavra, vamos ver o que essa palavra significa para nós:

Integridade
substantivo feminino
1. estado ou característica daquilo que está inteiro, que não sofreu qualquer diminuição; plenitude, inteireza.
"a i. do território nacional"
2. característica ou estado daquilo que se apresenta ileso, intato, que não foi atingido ou agredido.
"a i. física"
3. figurado (sentido)figuradamente
caráter, qualidade de uma pessoa íntegra, honesta, incorruptível, cujos atos e atitudes são irrepreensíveis; honestidade, retidão.
"um homem da maior i."
4. característica de quem é inocente, puro; pureza, inocência

   O sentido que quero trazer aqui cabe mais ao número 3, mas todo o significado agrega. Resumindo, integridade é tudo aquilo que é verdadeiro em todos os sentidos. quando você fala o que você é e vice versa. Sinto que isso é algo que tem faltado muito no mundo em que vivemos, na política, no trabalho, até dentro das famílias e relacionamentos. A falsidade tem tomado conta, algo que vejo como contrário a integridade, e tem se tornado normal agira de uma forma, e falar outra completamente diferente. As pessoes tem vivido muito de aparências, mas no interior, ou longe da multidão são contraditórias com aquilo que desejam passar. Não digo que você tem que mostrar TUDO o que você faz e é, mas aquilo que é visto, que seja verdadeiro, que seja aquilo que realmente passa em seu coração e que você realmente vive.
   Para embasar essa reflexão quero usar o texto de Jó, capítulos 1:

"Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e era este homem íntegro, reto e temente a Deus e desviava-se do mal." Jó 1:1 (...) Leiam o capítulo inteiro aqui

   No texto mostra que Jó era um homem poderoso, com uma grande família e muitos bens. Mas isso não o fazia orgulhoso e nem auto suficiente, seu temor à Deus era independente do que ele possuía. Diariamente ele orava ao Senhor e interecedia pelos seus filhos, mostrando sempre o zelo e dependência do Pai. Logo mais o texto relata diversas dificuldades enfrentadas por Jó, e mesmo diante de todo o sofrimento que essas coisas lhe causara, ele não deixou de ser grato e de se prostar à Deus, mostrando mais uma vez sua integridade, pois enquanto ele tinha tudo, se rendia ao Senhor, e quando tudo lhe foi tirado, continuou o mesmo servo fiel, entendendo que tudo vem dEle, e é para Ele.

"Então Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a sua cabeça, e se lançou em terra, e adorou. E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu, e o Senhor o tomou: bendito seja o nome do Senhor. Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma." Jó 1:20-22



   Que nesse mundo onde a corrupção toma conta, onde um quer passar por cima do outro, onde as vidas não têm mais valor, possamos ser aquele que leva o que é verdadeiro, o que é puro, o que é íntegro. Sem dupla personalidade, sem falsidade, sem suprficialidades.

"...tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso que ocupe o vosso pensamento." Filipenses 4:8

Todos os cultos da Igreja que frequento em Uberaba estão em um canal do Youtube pra quem quiser acompanhar ou assistir também: Igreja Presbiteriana de Uberaba

Beijos
Fiquem com Deus

Carola Isabel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...