terça-feira, 8 de maio de 2018

Napoli-Napoles | Por Bia Macedo


Oláa,

   Hoje vou contar sobre a viagem que eu fiz com mais 3 amigos para Napoles, Vesúvio e Pompeia. São lugares próximos, ideal para fazer em apenas um final de semana. E foi muito incrível!
Nós pegamos o trem de Roma para Napoli no sábado de manhã bem cedo, compramos no site do
Trenitalia pagamos 9,90 euros.

NÁPOLES
   A cidade que inventou a pizza e que é muito famosa pela sua gastronomia, nos conquistou muito! A nossa única expectativa era comer a melhor pizza do mundo, mas nos surpreendeu com suas paisagens e monumentos!
   Chegamos e fomos direto para o Hostel deixar as malas, ficamos hospedados em Bed& Breakfast Firenze 32. Pagamos 20 Euros em um quarto compartilhado.
   Pegamos um mapa no Hostel e seguimos para conhecer os pontos turísticos da cidade.

CATEDRAL DE NÁPOLES
   A igreja mais importante da cidade, apresenta uma linda fachada de arquitetura gótica, construída no século XIV, e possui capelas repletas de obras de arte, mosaicos e relíquias do século IV.
   É localizada na Via Duomo, 147, 80138 Napoli NA.






SAN PAOLO MAGGIORE
   A Basílica de “São Paulo Maior” é o local onde está sepultado Caetano de Thiene, conhecido como São Caetano, o fundador da Ordem dos Clérigos Regulares da Divina Providência.  Não tivemos a oportunidade de entrar porque estava fechada, mas vimos por fora, e é muito bonita! E fica em uma rua bem movimentada com vários lugares legais para comer.

Fica localizado na Piazza San Gaetano, 76, 80138 Napoli NA.



GALLERIA UMBERTO I
   É uma galeria comercial, construída entre 1887 e 1891, com uma arquitetura moderna. Tem uma cúpula no centro que traz uma grande luminosidade por todo o espaço. O que me chamou atenção foi a combinação de cores usadas nas pinturas no chão e nas paredes.
Fica localizada na Via San Carlo, 15, 80132 Napoli NA.




CASTEL NUOVO

   O Castelo foi construído em 1279, primeiramente como uma residência real e posteriormente assumiu a função de fortaleza militar. Mas voltou a ser ocupado pela realeza no século XVII. E atualmente é um dos mais famosos pontos turísticos da cidade, com uma linda vista para o mar. Para entrar precisa pagar o ingresso, então preferimos ir para o outro castelo, que a entrada é free, e nos contentamos com a beleza de fora do castelo, que já era muita!


CASTEL DO OVO
   Para chegar ao próximo Castelo tivemos um momento super fino porque descobrimos um barco que ia até lá por 3,75 euros para cada um! E foi maravilhoso, o mar tava lindo, o céu e o sol também!


Pelo barco conseguimos ver a parte de fora do Castelo e depois caminhamos até lá para entrar e tivemos a melhor vista do dia! Ficamos admirando toda a beleza e vimos o pôr do sol que estava incrível! 








   No dia seguinte logo de manhã, saímos de Napoli e fomos para a estação de Erculano que tem o transporte para chegar no Vesúvio, pagamos 2,20 euros nesse trem. Chegando lá compramos o ticket para subir o Vesúvio, que custou 20 euros tudo, 10 euros para o transporte até a entrada, e 10 euros para entrar no parque.

VESÚVIO
   É um vulcão ativo, e o único da Europa que entrou em erupção nos últimos cem anos, mas atualmente está adormecido. O Vesúvio é famoso por ter entrado em erupção em 79 d.C e ter destruído as cidades romanas de Pompeia e Erculano. Ele ainda é considerado um dos vulcões mais perigosos do mundo por ter entrado em atividade diversas vezes e por ter uma população de 3 000 000 habitantes em suas proximidades, o que faz ser a região vulcânica mais populosa do mundo.
   Foi uma experiência muito única ter conhecido esse vulcão de perto, ter visto as fumaças saindo das pedras, sentir o calor que vinha dele quando chegávamos perto e ver o qual alto ele está foi indescritível.  Nós nunca tínhamos visto um vulcão, e muito menos ativo, então foi uma surpresa e tanto.






Depois pegamos um trem e fomos para Pompei, pagamos 2,20 euros.

POMPEIA
   Passamos a tarde toda nessa cidade que ficou famosa após ter sido petrificada pelo vulcão. A ideia inicial era conhecer as ruínas, a partes antiga da cidade, mas o bilhete do Parque custa 15 euros então não entramos, a única que entrou foi a nossa amiga estudante de arquitetura que não paga muitas atrações turísticas por ser estudante de arquitetura. E nós vimos apenas as ruinas do lado de fora, que foi muito legal também. Conseguimos ver os principais monumentos devastados após o desastre e vimos os corpos das pessoas petrificadas após serem atingidas pela erupção do vulcão. A cidade toda é cheia de memória, e é muito triste ver tudo que aconteceu, o mais chocante para mim foi ver os corpos das pessoas fugindo e tentando se proteger de algum jeito.






   Depois ficamos andando pela cidade, não tem outras atrações além do parque da cidade petrificada, mas vimos uma praça bem legal, que fica perto da estação de Pompeia, onde pegamos o trem de volta para Roma.


GASTRONOMIA
Pizza

O que não podia faltar nessa viagem era a famosa pizza de Nápoles! E sim é a melhor pizza que já comi na vida! E olha que estou comendo muitas pizzas pela Itália. Comemos em um lugar bem típico chamado Mozz Pizza & Babà. A pizza Margherita custou apenas 4 euros.



Babà

   É um doce típico da cidade, um bolo feito ao forno com Rum e pode adicionar panna (tipo um chantili) e morango, que foi o que eu comi, ou chocolate. Custou 3 euros.


Sfogliatelle
Outro doce típico que nasceu em Nápoles, feito com massa folhada e ricota. Tem um gosto muito peculiar, eu gostei, mas meus amigos não gostaram muito. De qualquer forma, vale a pena provar! Custou 1,70 euros.


Lasanha
Quando voltamos do passeio no Vesúvio comemos logo na saída um prato muito barato, lasanha e uma bebida por 5 euros, e ainda vem com uns pãozinhos muito bons! O restaurante chama A'Reginella foi o primeiro que vimos mas lá tinha vários com esse preço. Estava delicioso!




Café e bolachas

   Antes de sairmos de Pompeia entramos em um café que valeu muito a pena, o nome é Campana. O cappuccino foi apenas 1,50 euros e não pagava cover. Um ambiente e um atendimento ótimo! 


Dicas para andar de trem:

   Assim que chegamos na estação vemos no painel qual o número da plataforma que o trem vai sair,
mas lembrem de conferir pelo número do trem que está na passagem, porque no painel aparece a cidade de partida, no nosso caso Roma, e a cidade final do trem, que o do nosso era Salerno e não Napoli que foi onde paramos.  E também ficar atento para descer do trem na cidade certa (nossa amiga já passou a estação porque estava dormindo e teve que descer na próxima e pegar outro trem para voltar hahah), uma dica é colocar um despertador no celular da hora de chegada. Outra coisa importante também é se você comprar o ticket na estação e não pela internet você precisa estampar ele em uma maquininha que sempre fica por perto do trem, esta da foto. Essa mesma amiga que dormiu, também esqueceu de estampar o ticket e levou uma multa. Mas agora ela aprendeu!

Bom, essa foi nossa viagem para os três lugares que fazem parte da história da Itália e que são ótimas opções para entrar no tour se estiver afim de conhecer muito bem o país!

Abraços,

Bia Macedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...