Páginas

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Beleza Interior


Atualmente, no mundo em que vivemos, muitas vezes somos pressionados a fazermos as coisas ditadas, tachadas, simplesmente pra estar na moda... é o tão conhecido termo “Maria vai com as outras”. Porque não queremos ser excluídos, ou “bullynados”, em um mundo onde ESTAR POR DENTRO DAS NOVIDADES é essencial.
Outro ponto importante são nas atitudes, as vezes algo que você não concorda, mas que TODO MUNDO faz, acaba virando uma coisa comum e você se sente pressionado a fazê-lo, até porque “não dá nada, todo mundo faz”.

Vivemos dentro de uma panela de pressão, na qual a todo momento são bombardeadas de tendências novas a serem seguidas, disseminadas de tal forma que em pouco tempo toda a população já aderiu, sem antes questionar a veracidade, a qualidade ou a benignidade das mesmas. Mas não nos martirizemos tanto. Infelizmente, desde pititicos, somos levados a agir desta maneira, a se contentar, a aceitar e a adaptar-se ao mundo de acordo com os seus ditos, mesmo que às vezes sejam errados. Afinal, se a maioria aceita, ou estão adquirindo, é porque deve ser bom, CERTO?!
... NÃO!
A palavra diz em Mateus, capítulo 7, versículos 13 e 14: “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela. E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.”

O termo “Porta estreita” implica em renunciarmos o nosso ego... É como Jesus disse: "Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho salvá-la-á." Marcos 8:34-35. Devemos deixar nossos caprichos de lado, nossos desejos e hipocrisias... O contrário da grande massa. Será que estamos preparados a “pagar o preço” do certo, da verdade absoluta, dos mandamentos de Deus?

“Respondeu Jesus: ‘Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim’.” João 14:6
Deixo assim a minha reflexão... Tenham todos uma ótima semana! :)
By Carola, Isabel Pucci.

2 comentários:

  1. É triste ver como nós, jovens,(em geral) queremos ser independentes de Deus, agindo conforme a nossa vontade, quando PRECISÁVAMOS ser totalmente dependentes dEle...

    Que nós realmente andemos na contramão do mundo, pois não é fácil. Que Deus seja o primeiro na nossa vida.

    ResponderExcluir

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...